Menas burriçe?
O Globo
Jornal do Brasil
Digestivo Cultural
Comunique-se
Mídia Sem Máscara
Observatório da Imprensa


Música
Zona Punk
Rogério Skylab
Punkoteca


Um monte de coisas
Millôr
Fotologue?!?
Twitter
Orkut?!
Falha Nossa
Porta Curtas
Curta o Curta
Literatura Online
Biblioteca virtual



Visto por aí...




Compro ouro, tíque e vale transporte
Tratar com Madruga:
madruga666@hotmail.com


Arquivo morto do Blogger


Arquivo morto do Blig


É... o tempo passa...
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Dezembro 2005
Fevereiro 2006
Maio 2006
Setembro 2006
Novembro 2006
Fevereiro 2008
Abril 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Fevereiro 2010


Site 
Meter







Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

quinta-feira, dezembro 25, 2008

# Tão tradicionais como o Natal em si, são as ridículas matérias que sempre aparecem no fim de ano nas TV's, sejam abertas ou fechadas. Mais nas TV's abertas, claro.
Esdruxulices como "esse será o Natal das lembrancinhas" ou o repórter que acompanha o dia-a-dia de um Papai Noel em shopping. Enfim. Esse ano conseguiram se superar. No Jornal Nacional a matéria era sobre lugares que, mesmo em guerra ou em conflitos, comemoram o nascimento de Pai Noel. Até aí tudo bem, mas depois passou a ser as missas de Natal. Mostra o Papa e por aí vai. E finalizam, fatidicamente, com um "(...) e no Brasil várias missas de Natal ocorreram"
Ora, vejam, missas de Natal em pleno dia 25 de dezembro, mas que absurdo!

Resmungado por Madruga